Como escolher os melhores materiais de construção

Construir ou reformar o imóvel é o sonho de muita gente. Mas para que esse plano seja bem feito é preciso tomar alguns cuidados. 

O primeiro deles é em relação aos materiais de construção. Afinal, comprar um produto sem critério algum pode comprometer a residência e causar maiores gastos futuros. Confira dicas para esse momento:


1- Não compre ponta de estoque
Se eles são ponta de estoque, pode ser que não foram acondicionados corretamente e apresentam problemas na usabilidade. Além disso, podem estar vencidos ou até próximos da validade. Se forem materiais mais frágeis, como pisos de cerâmica, por exemplo, esqueça.

2- Cimento e areia
Verifique a data de validade, jamais compre produtos com o prazo vencido e evite comprar com muita antecedência, pois o cimento pode empedrar e perder a qualidade se for guardado de forma errada. Não compre areia se ela estiver úmida.

3- Dispositivos elétricos
Itens como fusíveis, cabos e disjuntores precisam ter a tensão a que se destinam e o nome do fabricante. Também cabe notar que as partes que conduzem energia devem ser de cobre e não de material ferroso.

4- Tintas
Se possível, consulte um especialista para saber o quanto irá precisar de tinta. Ao fazer a compra, observe o prazo de validade e o tipo mais adequado para o local que será pintado. A tinta acrílica, por exemplo, é perfeita para áreas úmidas, como banheiro e cozinha. Para evitar dúvidas futuras, anote o código da cor e do tom da tinta escolhida.

5- Qualidade tem marca
Ao escolher os materiais para sua construção, verifique quem os fabrica. Se é reconhecida no segmento, segue as normas técnicas e atende às legislações, é sinal que possui compromisso com o cliente, ou seja, com você.

Boa obra!